Notícias e Eventos Blue Solutions

Atualizações sobre produtos, Informações Técnicas, Dicas para Ambientes de TI, Virtualização, NOC, Operações de TI, Serviços de Segurança, Serviços Gerenciados, Recuperação de Desastres, Continuidade de Negócios e notícias da Blue Solutions.

Business Intelligence em Radiologia: Ferramentas de Visualização de Dados

Nenhum comentário



Neste segundo artigo (leia o primeiro artigo aqui) sobre Business Analytics abordaremos algumas formas e ferramentas de visualização de dados utilizadas em sistemas de BI. Uma boa aplicação deve permitir ao usuário final rápida e clara identificação de padrões, status e alertas sem a necessidade de muitos cliques ou elaboração de planilhas e gráficos. Isso livra tempo para se analisar tendências e adotar estratégias de correção caso necessário (você poderia prontamente identificar um aumento no número de atrasos em determinado setor ou sala e logo agir para corrigir, antes que as queixas dos pacientes comecem a chegar, por exemplo). Por isso é importante que o software de analytics tenha boas views (como chamamos as telas ou páginas), cada uma com recursos visuais eficientes, rápidos e interativos, pois esse será o ambiente de trabalho e consulta dos usuários.

Dashboards (painéis de controle): ajudam as organizações a monitorar e administrar performances, medindo o progresso em relação a metas estabelecidas. A analogia é um painel de carro, ou cockpit de avião. Ponteiros, gráficos e sinalizadores que permitem uma fotografia (snapshot) do que está acontecendo naquele momento na empresa, setor ou clínica. É uma ferramenta tática, usada para obtenção imediata (at a glance) de insights e cenários. Você “bate o olho” num gráfico e percebe uma queda dos agendamentos nos horários noturnos, por exemplo. Por isso a importância de serem simples (não causar distração), focados em apresentar o dado de maneira que facilite a percepção visual.

Indicadores (icons): elementos gráficos que dão dicas sobre a performance. Um exemplo clássico são os ícones verde, amarelo e vermelho (traffic light).

Relatórios (reports): apresentação de dados brutos de maneira formatada e organizada visualmente, em forma de imagens estáticas ou planilhas interativas (permitindo filtrar, ordenar, selecionar e agrupar).

Alertas: são customizados para sinalizar e alertar de forma ativa determinado usuário ou grupo caso algum indicador atinja um valor definido. Podemos utilizar esse recurso para monitorar SLAs, indicadores críticos ou de segurança (reações adversas por exemplo).

Scorecards: visualização das metas e alinhamento estratégico da organização ou departamento, geralmente em forma de relatórios, com a utilização de ícones e outros indicadores de performance. Diferente dos dashboards, que representam a performance do momento, os scorecards representam o progresso longitudinal rumo a uma determinada meta ou objetivo. É onde, por exemplo, você vai definir que quer reduzir o uso de contraste em 20% em um semestre. Assim, por meio dos dashboards elaborados especificamente em função dessa meta em uma view (aba) “Uso de contraste” no seu BI, você poderá monitorar o progresso deste objetivo estabelecido no Scorecard da modalidade “Tomografia”. A constante revisão das metas nos scorecards associada à monitorização ativa da performance através dos dashboards, icons e reports vai permitir a escalada dos seus processos e ajudar no crescimento da empresa.

Artigo original por Thiago Júlio, MD, publicado no Jornal da Imagem

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gestão a Vista na Blue Solutions

Nenhum comentário
A Blue Solutions iniciou as atividades na Incubadora de Empresas de Araras em 2004. A Incubadora foi uma iniciativa da Prefeitura, Sebrae e Senai para fomentar as empresas na cidade, e como parte do programa oferecia consultorias sobre administração de empresas, financeiro, qualidade e marketing.

Inauguração Blue Solutions na Incubadora de Empresas de Araras - Os fundadores Edgar Teixeira Monteiro e Fernando Ulisses dos Santos



Mas, como a Incubadora tinha em sua maioria indústrias, a maioria dos consultores eram de indústrias, e quando chegavam na Blue Solutions encontravam uma realidade diferente, uma empresa puramente de serviços, mas mesmo assim traziam os conceitos já bem aplicados e conhecidos da indústria para aplicarmos em serviços, como 5S, Qualidade Total e entre eles Gestão a Vista.

No início fomos um pouco resistentes, mas para aproveitar as consultorias, acabamos por aderir a alguns indicadores, mesmo não adotando papel impresso na maioria, tínhamos acesso fácil, feito a partir de planilhas de controle específicas.

Quando graduamos na incubadora e mudamos para nossa sede nova em 2007, as consultorias ficaram para trás, e como a nova decoração não combinava com papéis colados na parede, abandonamos a prática quase totalmente.

Blue Solutions sede nova em 2007


Alguns anos depois, ao implantar o novo sistema de chamados baseado em ITIL, começamos a ter necessidades de relatórios e análises mais apuradas. Como o sistema era bem completo em informações, mas bem ruim em relatórios, buscamos formas de extrair esses dados do sistema, e foi quando tivemos nosso primeiro contato sério com softwares de Business Inteligence, que logo estava implantado para controlar chamados e vendas.

A experiência foi muito boa, mas sempre tivemos dificuldades em compartilhar os Dashboards do BI, pelo custo de licenciamento do mesmo e pela dificuldade de utilização, quando entregávamos para usuários mais leigos, eles acabavam aplicando filtros e se confundindo nas informações, por isso o BI acabou ficando restrito à diretoria.

Já em 2013 tivermos a chance de participar de uma nova consultoria do Sebrae, um programa para empresas já graduadas na Incubadora, e a consultora designada para nossa empresa voltou a tocar no assunto de Indicadores e Gestão a Vista.

De cara apresentamos nossos Indicadores no software de BI, os quais ela gostou muito, mas tinha um porém, não estavam a vista, e a a primeira ideia que veio foi colocar os mesmos em uma TV.

Já tínhamos a experiência anterior de usabilidade com usuários mais leigos, foi aí que começamos a nos empenhar para criar indicadores mais simples, e começamos a sentir que o software de BI utilizado era muito complexo e caro para ficar em uma TV ligado 24h.

Foi quando resolvemos fazer algum desenvolvimento interno para ter os indicadores, mas ao mesmo tempo que começamos a desenvolver os indicadores, não queríamos ficar amarrados a poucos gráficos, pois a Blue como qualquer negócio é dinâmico, e os indicadores precisariam, além de atualizar automaticamente, poder ser modificados com o passar do tempo sem precisar de muito mais desenvolvimento.

Terminamos por desenvolver uma ferramenta para uso interno, capaz de exibir indicadores, muito similar a um BI, mas voltado para Gestão a Vista, na qual montamos alguns Dashboards para Suporte, Vendas e Financeiro, e disponibilizando para todos os colaboradores.

Indicadores de Negócio para TI - Chamados e Técnicos


O que mais nos surpreendeu foram os resultados ao deixar os indicadores à vista, alguns números, como a quantidade de chamados abertos que antes não ficavam abaixo de certo número, mesmo com cobrança constante, passaram a entrar dentro do valor esperado por iniciativa da própria equipe. Outros indicadores também trouxeram benefícios, mas são assunto para uma próxima matéria.

Indicadores de Negócio para TI - Saúde dos Hosts


E o software que desenvolvemos? Alguns clientes viram nosso Dashboard e pediram algo similar dentro de suas empresas, fizemos mais alguns desenvolvimentos e estamos colocando hoje em alguns clientes uma versão de testes, em breve lançaremos no mercado.


CONHEÇA O BUSINESS MONITOR

Sobre o autor
Fernando Ulisses dos Santos
Diretor de Tecnologia na Blue Solutions
Especialista em Segurança da Informação
Certificado VCP-DCV, VCAP-DT, VCP-DT

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Evento Blue Solutions e Dell

Nenhum comentário
No dia 04 de novembro, a Blue Solutions em parceria com a Dell realizaram o evento "Soluções Empresariais", na fábrica da Dell em Hortolândia/SP.




Os profissionais da Dell puderam mostrar maneiras de otimizar o ambiente de TI de uma empresa, através de soluções de servidores, networking e storage.


Foi uma ótima oportunidade para estimular o desenvolvimento de ideias e soluções e reunir os clientes da Blue Solutions.

Durante o evento Celso Bonilha apresentou as Soluções de Data Protection, Leandro Freitas falou sobre Inovações Dell Networking, Gustavo Andrade sobre Inovações em Servidores e por fim, Rodrigo Cabral apresentou Soluções de Armazenamento.




Todos ainda realizaram um tour na fábrica e tiverem a chance de conhecer mais de perto o processo de produção dos equipamentos da Dell.

A Blue Solutions sempre trabalha com a Dell para promover eventos como esse e muitos outros sobre diversos assuntos de interesse dos profissionais e empresas de TI.

Para ficar por dentro dos eventos da Blue Solutions entre no link abaixo e se inscreva para receber os convites:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O que é o DPACK e como utilizar?

Nenhum comentário

A Dell fornece aos clientes algumas ferramentas para gerar indicadores de demanda, como o DPACK (Dell Performance Analysis Collection Kit).


É um modo de auxiliar a análise da sua área de TI e dimensionar soluções de acordo com as suas necessidades. Assim, é possível diminuir gastos desnecessários e identificar oportunidades, otimizando o seu ambiente de TI.
O DPACK roda remotamente. Basta iniciar a execução da ferramenta em todas as máquinas de produção do seu ambiente e durante 24 horas.


Após a execução do programa é gerado um relatório do consumo de hardware que a estrutura demanda e alguma informações são obtidas, como:

  • I/O de disco
  • Throughput
  • Utilização de capacidade e memória
  • Workload dos servidores e necessidades de capacidade 




Assim, um especialista de soluções mostrará o impacto dos resultados coletados. 

E fique tranquilo, pois a execução da ferramenta não afeta o desempenho da rede e é gratuita.
Para fazer o download da ferramenta entre no link abaixo:
http://www.dell.com/dpack

Siga passo a passo, desde o download até a execução da ferramenta DPACK, seja no Linux ou no Windows:
 



 


Após o download da ferramenta, veja os passos até o início da execução:

 







Para saber mais detalhes, faça o download do Guia do Usuário (User's Guide), no link abaixo:
http://www.bluesolutions.com.br/promo/Dell-Performance-Analysis-Collection-Kit-DPACK.pdf

Após a coleta de dados, o processamento pode ser feito pela própria Dell, ou por um parceiro especializado como a Blue Solutions.

Se quiser, fazemos o processamento gratuitamente, envie os arquivos coletados para uma conta sua no Dropbox ou serviço similar, e clique no botão abaixo para nos enviar.

Nenhum comentário :

Postar um comentário